Crea-PR reforça importância dos EBDMs e EBDRs para gestores da região de Paranavaí

08/06/2021

Crea-PR reforça importância dos EBDMs e EBDRs para gestores da região de Paranavaí

Em mais um encontro virtual realizado nesta segunda-feira (7), o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR)destacou a importância da adesão dos Estudos Básicos de Desenvolvimento Municipal (EBDM) elaborados por profissionais das Entidades de Classe parceiras. As propostas, diagnósticos de problemas e soluções na implantação de políticas públicas eficazes foram desenvolvidos pelo programa “Agenda Parlamentar - O Paraná em Debate”, apresentado aos prefeituráveis da microrregião de Paranavaí antes das eleições de 2020.Na reunião on-line, os presentes também conheceram os Estudos Básicos de Desenvolvimento Regionais (EBDRs).

Participaram do encontro, o prefeito Terra Rica e presidente da Associação dos Municípios do Noroeste do Paraná(Amunpar), Júlio Cesar Leite; o procurador Jonathas Ribeiro representando o prefeito de Santa Mônica, Luan Frazatto; o prefeito de Mirador Fabiano Travain; o secretário de Gabinete Leandro Gargantini, representando o prefeito de Diamante do Norte, Eliel Correa, e o Engenheiro Civil Lucas Barcelos, representando o prefeito de Paraíso do Norte, Beto Vizzotto. A reunião também teve a participação de representantes do programa Crea Júnior Paraná (Crea-Jr).

Segundo o Assessor de Políticas Públicas do Crea-PR, Engenheiro Civil Samir Jorge, os EBDMs do Crea-PR são instrumentos de referência para o planejamento da administração pública, pois seguem a metodologia de elaboração de um plano plurianual de gestão. Ele ainda complementa que o Conselho está disposto a auxiliar os gestores na melhor construção de políticas públicas, estreitando e valorizando as relações profissionais. 

No Paraná, foram desenvolvidos no ano passado mais de 200 estudos municipais em diversas áreas e para diversos municípios paranaenses. O gerente da Regional Maringá do Crea-PR, Engenheiro Civil Hélio Xavier da Silva Filho, explica que os estudos básicos municipais são elaborados pelas Entidades de Classe ligadas ao Sistema Confea/Crea/Mútua, com a finalidade orientar os partidos políticos, candidatos, gestores públicos, autoridades e lideranças municipais acerca das ideias e soluções da Engenharia, Agronomia e Geociências, visando o desenvolvimento sustentável dos municípios.

O programa “Agenda Parlamentar” existe há 10 anos, com debates contínuos sobre as gestões públicas paranaenses. 

Comentários

Faça um comentário

Seja o primeiro a comentar!