Regional Pato Branco - Candidatos a prefeito em Francisco Beltrão recebem sugestões relacionadas às Engenharias, Agronomia e Geociências

23/10/2020

No dia 22 de outubro, representantes da Regional Pato Branco do Crea-PR, da Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Sudoeste (Sudenge), Associação dos Engenheiros Agrônomos de Francisco Beltrão (AEA-FB), Associação de Engenheiros Florestais do Sudoeste e Oeste do Paraná (Aefos) e do Senge-PR (Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná), fizeram a entrega dos Cadernos Técnicos e dos Estudos Básicos de Desenvolvimento Municipal (EBDMs).

Nos encontros, foram apresentadas propostas produzidas por profissionais técnicos especializados das entidades de classe que voluntariamente participam deste trabalho com o Conselho. A ação faz parte do programa “Agenda Parlamentar - O Paraná em Debate”, que busca incentivar a implantação de políticas públicas nas áreas das Engenharias, Agronomia e Geociências.

Em Francisco Beltrão, os três candidatos à Prefeitura Municipal receberam os materiais: Ademir Antonio Schwartz (PV), Aires Vicente Tomazoni (MDB) e Cleber Fontana (PSDB).

Ademir Antonio Schwartz elogiou a iniciativa do Crea-PR de se colocar à disposição do Poder Público para propor soluções aos municípios. “Este é o verdadeiro papel do Crea, pois os Engenheiros têm a condição de propor ideias que tragam desenvolvimento”. Schwartz ainda comentou que parte dos estudos apresentados já está contemplada no seu programa de governo. “Temos 11 linhas estratégicas e vários dos estudos estão inseridos. Mas, há outras propostas excelentes que podemos aproveitar”, adiantou o candidato.

Aires Vicente Tomazoni recebeu a iniciativa “com interesse e comprometimento”. Para ele, o encontro com integrantes do Crea-PR e das entidades de classe abriu canal de diálogo. “Nosso município depende de estudos técnicos de excelência para implantar políticas públicas nas mais diversas áreas”, declarou. Tomazoni destacou ainda alguns estudos, como o programa Casa Fácil, valorização do quadro técnico Municipal e conservação de estradas rurais, mobilidade urbana, entre outras. “Queremos ouvir os técnicos, de maneira franca e transparente”, comentou.

Cleber Fontana considerou “importantíssima a participação dos Engenheiros, porque muito do Poder Público consiste em obras e planejamentos voltados para a comunidade.” O candidato salientou ainda que, na conversa, foi possível absorver sugestões para estradas no interior, construção de pontes, preocupação com trânsito e mobilidade urbana. “São todas pautas importantes e que nos comprometemos a ouvir ou chamar o Crea e as entidades para nos auxiliar nas decisões”, finalizou Cleber Fontana.

Propostas e soluções aos municípios
Instrumento de referência para o planejamento da administração pública, o Estudo Básico de Desenvolvimento Municipal (EBDM) segue a metodologia de elaboração de um plano plurianual de gestão com propostas e soluções no campo das Engenharias, Agronomia e Geociências. São proposições elaboradas por profissionais habilitados que podem ser incorporadas a qualquer plano de governo municipal. Assim como os Cadernos Técnicos, os EBDMs visam a qualidade de vida da população, ao propor melhorias na gestão e a implantação de políticas públicas eficazes.


Engenheiro Civil Vinicius Perin (diretor da Sudenge), Engenheiro Agrônomo Orley Jair Lopes (conselheiro do Crea-PR), Engenheiro Florestal Jurandi Daleffe (diretor da Aefos), Engenheiro Mecânico Cesar Rubert (presidente da Sudenge), Ademir Antonio Schwartz (candidato a prefeito), Engenheiro Agrônomo Dirceu Antonio Schnem (presidente de AEA-FB), Engenheiro Agrônomo Eduardo Martins Portelinha (diretor do Senge-PR) e Engenheiro Civil Diogo Artur Tocacelli Colella (gerente de Regional Pato Branco do Crea-PR)


Engenheiro Civil Vinicius Perin (diretor da Sugenge), Engenheiro Agrônomo Orley Jair Lopes (conselheiro do Crea-PR), Engenheiro Florestal Jurandi Daleffe (diretor da Aefos), Engenheiro Mecânico Cesar Rubert (presidente da Sudenge), Cleber Fontana (candidato a prefeito), Engenheiro Agrônomo Dirceu Antonio Schnem (presidente de AEA-FB), Engenheiro Agrônomo Eduardo Martins Portelinha (diretor do Senge-PR), Engenheira Agrônoma Lilian Furlan (diretora da AEA-FB) e Engenheiro Civil Diogo Artur Tocacelli Colella (gerente de Regional Pato Branco do Crea-PR)


Engenheiro Agrônomo Ericson Fagundes Marx (diretor da AEA-FB), Engenheiro Civil Vinicius Perin (diretor da Sugenge), Engenheiro Agrônomo Orley Jair Lopes (conselheiro do Crea-PR), Engenheiro Florestal Jurandi Daleffe (diretor da Aefos), Engenheiro Mecânico Cesar Rubert (presidente da Sudenge), Aires Vicente Tomazoni (candidato a prefeito), Engenheiro Agrônomo Dirceu Antonio Schnem (presidente de AEA-FB), Engenheiro Agrônomo Eduardo Martins Portelinha (diretor do Senge-PR), Camilo Rafagnin (candidato a vice-prefeito) e Engenheiro Civil Diogo Artur Tocacelli Colella (gerente de Regional Pato Branco do Crea-PR)

Comentários

Faça um comentário

Seja o primeiro a comentar!